banner_blog_abril
para que serve nimesulida para que serve nimesulida

Para que serve nimesulida? Conheça o método de ação!

7 minutos para ler

Você já sabe para que serve nimesulida? O medicamento apresenta ação analgésica, anti-inflamatória e antipirética, utilizada principalmente no tratamento de desconfortos como dor de garganta, dor de cabeça e dor de dente. 

Em razão da grande facilidade de adquirir esse fármaco, os indivíduos acabam se automedicando antes de consultar um médico capacitado, o que é uma atitude completamente prejudicial, podendo acarretar em perigos e riscos à saúde. 

Saiba aqui para que serve nimesulida, para quem é indicada, como funciona e prós e contras do medicamento:

O que é nimesulida?

A nimesulida pertence a uma classe de medicamentos intitulados de AINE (anti-inflamatório não esteroidal), apresentando uma ação analgésica, capaz de controlar dores leves, moderadas e agudas, uma ação anti-inflamatória, responsável por tratar inflamações, e uma ação antipirética, que cumpre o papel de controlar sintomas de febre. 

O fármaco inibe uma enzima proveniente das substâncias inflamatórias presentes no corpo e, por esse motivo, é prescrito por diversos profissionais de saúde para tratar dores, inflamações e febre. 

Todavia, a maioria das pessoas administram o remédio sem ao menos possuir uma indicação médica, o que acaba sendo uma atitude muito arriscada e perigosa, tendo em vista de que o uso inadequado da nimesulida é capaz de acarretar em várias reações adversas. Por essa razão, é necessário apresentar a receita médica na hora da compra e adotar alguns cuidados no momento de tomar. 

É possível encontrar a medicação em farmácias ou drogarias com nomes comerciais (Cimelide, Maxsulid, Nimesilam ou Nortlid) e de forma genérica, além de apresentações distintas. Normalmente, as formas de administração são comprimidos de 100 mg, comprimidos dispersíveis de 100 mg, suspensão oral ou em gotas de 50 mg/ml, supositório de 100 mg e gel de 20 mg.

Antes de dar início ao tratamento, lembre-se de respeitar as dosagens recomendadas pelo fabricante e profissional de saúde. É aconselhado começar a utilização a partir das menores dosagens disponíveis, e fazer uso de maiores somente quando a situação está agravada. 

Para que serve nimesulida?

Na nimesulida, a ação anti-inflamatória não esteróide, com propriedades analgésicas, antipiréticas e anti térmicas, serve para tratar dores associadas à garganta, cabeça, ouvido, garganta, dores de dente e baixo ventre, além de inflamação aguda não-infecciosa do trato respiratório superior. 

Além de que, quando a apresentação é em gel ou pomada, o fármaco é utilizado na amenização de dores interligadas a tendões, ligamentos, músculos e articulações provenientes de traumatismos.

Nimesulida para dor de ouvido

Por ser um remédio com propriedades anti-inflamatórias, a nimesulida se torna em consequência um ótimo analgésico, porém, quando se trata de dor de ouvido, é necessário conversar com um profissional de saúde antes de iniciar o tratamento. 

O motivo disso é que a otite, popularmente conhecida como dor de ouvido, apresenta diversas causas e nem sempre esse medicamento será o ideal, especialmente quando a situação já está bastante agravada. Sendo assim, não hesite em ir em uma consulta médica caso você apresente o sintoma. 

Nimesulida para dor de dente

Nimesulida para dor de dente

Muitas pessoas se perguntam se a nimesulida serve para dor de dente, e mesmo que a resposta seja positiva, é preciso saber distinguir a sua forma de atuação. 

Quando um paciente passa por algum procedimento odontológico, como a extração de dentes do siso, é comum que sintam dores e desconfortos e, nessa situação, o fármaco é capaz de trazer melhora e demonstrar eficiência. No entanto, é importante frisar que não tem a capacidade de sanar o problema, apenas trazer um alívio dos sintomas e proporcionar bem-estar.

Nimesulida para febre

Já as ações anti-térmicas, também chamadas de antipiréticas, agem de forma indireta no hipotálamo, visando diminuir o limiar térmico no organismo e incentivar a eliminação de calor. Assim, a temperatura corporal é controlada de maneira eficaz e a febre é combatida.

Entretanto, se o sinal aparecer somente de forma isolada, a medicação não deve ser utilizada, urgindo a necessidade de conversar abertamente com um médico responsável e bem-avaliado a respeito das condições atuais. 

Para quem é indicada?

A nimesulida só pode ser administrada em adultos ou crianças maiores de 12 anos de idade, então, quando a norma não é seguida adequadamente, inúmeros riscos e complicações podem surgir. 

Além de que, o uso prolongado do medicamento em pessoas acima da terceira idade não é indicado. Caso o fármaco for administrado da mesma forma, um profissional de saúde deve ser contatado, visando obter um monitoramento preciso e garantir a saúde do paciente. 

Quando a nimesulida é usada sem prescrição e instrução médica, se torna capaz de apresentar determinados efeitos colaterais, agravando ainda mais o estado geral. Os sintomas nocivos costumam ser pressão baixa, prurido, ardor, vermelhidão, edema, urticária, inchaços nos olhos ou lábios e falta de ar. 

Caso os fatores sejam identificados, é necessário interromper o consumo da medicação e procurar rapidamente um médico clínico geral a fim de descobrir a medida mais eficaz. Fora isso, as reações alérgicas relacionadas ao uso do anti-inflamatório não esteroidal devem ser relatadas, caso haja, até mesmo se somente um membro da família já ter enfrentado o malefício. 

É possível analisar a possibilidade de efeitos ao verificar as contraindicações da nimesulida, que são:

  1. Gestantes e lactantes;
  2. Úlcera no estômago;
  3. Hemorragia ou sangramento no trato gastrintestinal;
  4. Problemas de coagulação sanguínea;
  5. Insuficiência cardíaca, respiratória, renal ou hepática;
  6. Asma;
  7. Rinite;
  8. Pólipos nasais;
  9. Urticária decorrente do uso de ácido acetilsalicílico (AAS);
  10. Alergia à nimesulida e componentes ou outro anti-inflamatório não esteroides (AAS, ibuprofeno ou naproxeno);
  11. Suspeita de dengue. 

Como a nimesulida funciona

Como a nimesulida funciona?

O medicamento nimesulida trabalha inibindo uma enzima conhecida como ciclooxigenase, que está associada à produção de uma substância nomeada de prostaglandina, fazendo com que as dores e as inflamações diminuam consideravelmente.

Independente se o fármaco estiver em apresentação de comprimidos, cápsulas, comprimidos dispersíveis ou granulados, solução em gotas, supositório, pomada ou gel, consegue ser ligeiramente absorvido e proliferado pelos tecidos, até que cumpra sua função de maneira eficaz, deixando o corpo pela via renal.

Ao bloquear os processos orgânicos responsáveis pela dor e inflamação, o paciente começa a se sentir confortável e nota uma ampla redução de incômodos. O tempo para nimesulida fazer efeito é de 30 a 60 minutos, podendo atingir até 2 horas, mantendo os benefícios por, em média, 12 horas. Por esse motivo, muitas pessoas dão preferencia ao seu uso.

LEIA TAMBÉM: Nimesulida como tomar: confira a dosagem e horários!

Prós e contras do medicamento 

Apesar de ter um efeito rápido e duradouro, a maioria dos especialistas de saúde não recomendam o uso da nimesulida, em virtude da extensa complexidade de reações adversas e nocivas que o fármaco apresenta durante e após o tratamento.

Além disso, existem diversos AINEs disponíveis no mercado farmacêutico, como o diclofenaco e o ibuprofeno, capazes de diminuir sintomas e tratar determinadas condições.

Portanto, a escolha ou não da administração fica por conta do profissional de saúde responsável pela avaliação do paciente, verificando se a prioridade é obter uma ação mais ligeira e contínua ou prosseguir com outras opções viáveis. 

A definição se dá por meio da análise dos benefícios e desvantagens. Se o médico priorizar a administração, a nimesulida deve ser utilizada com cuidado, somente 1 ou 2 vezes por dia e durante o período instruído, ressaltando o risco de hepatotoxicidade e nefrotoxicidade. 

A AmorSaúde é a rede de clínicas populares que mais cresce no Brasil, oferecendo diversas especialidades como cardiologia, oftalmologia, odontologia e ginecologia.

Se você gostou deste conteúdo e deseja investir mais na sua saúde, agende já sua consulta conosco!

Posts relacionados

Deixe um comentário