banner_blog_abril
nimesulida como tomar nimesulida como tomar

Nimesulida como tomar: confira a dosagem e horários!

9 minutos para ler

Estar ciente de como tomar nimesulida é muito importante para diminuir sintomas de determinadas condições e prevenir inúmeros problemas de saúde. Para administrar adequadamente o remédio é preciso conversar honestamente com um médico a respeito da condição nociva que você está enfrentando. 

Dessa forma, é possível acabar com diversos sintomas indesejáveis de uma maneira mais segura, sem que precise comprometer a sua qualidade de vida.

Confira mais aqui sobre o que é nimesulida, indicações, como tomar, cuidados necessários e perguntas frequentes:

O que é nimesulida?

Considerada um medicamento decorrente da classe dos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs), a nimesulida apresenta ações antipiréticas, analgésicas e anti-inflamatórias. 

O fármaco pode ser encontrado de uma forma muito acessível no mercado farmacêutico brasileiro em várias formas de apresentação, tais como: comprimido, dispersível, cápsula, gotas, pomada, gel e supositório. A escolha do modo de administração varia de acordo com a necessidade do paciente. 

Por exemplo, quando o medicamento está disponível em gel pode ser utilizado para provocar uma ação local, como acontece nos casos de entorse, lesão que interfere nos ligamentos de uma articulação. Mesmo que dessa maneira a absorção seja menor, ainda consegue ser bastante eficiente. 

Enquanto isso, os pacientes que necessitam de uma ação ligeira podem usufruir da solução em gotas, já que é absorvida no organismo mais rapidamente por não precisar ser dissolvida no estômago e intestino. 

Já o supositório é indicado para as situações em que não é recomendado tomar a nimesulida por via oral, demonstrando uma eficiente absorção gastrointestinal. 

Quais são as indicações da nimesulida?

As indicações da nimesulida consistem basicamente no alívio de dores de leve a moderada gravidade, apresentando ou não uma relação com a presença de febre. Por essa razão, o medicamento contém tanto uma ação analgésica e anti-inflamatória quanto uma ação antitérmica. 

Em resumo, podemos dizer que a nimesulida é indicada nos seguintes casos:

  • Dores articulares e desconforto muscular;
  • Dor de cabeça;
  • Dor de ouvido;
  • Dor de dente (especialmente após uma extração de dente);
  • Dor de garganta;
  • Sinusite;
  • Cólica menstrual;
  • Febre;
  • Cálculo renal. 

Quanto tempo a nimesulida demora para fazer efeito?

Normalmente, os efeitos da nimesulida necessitam de um espaço de tempo de 15 minutos para funcionarem contra a dor e 1 hora para combater a febre. No entanto, o seu ápice final é atingido por volta de 2 a 3 horas depois da administração. 

Todavia, por mais que os sinais nocivos estejam desagradáveis e atrapalhando as atividades pessoais do paciente, não é recomendado ultrapassar o período de uma semana de tratamento. 

Lembrando que, nos casos de dor de garganta, sinusite e febre, por exemplo, o remédio é utilizado como um meio de combater os sintomas e não de tratar os problemas responsáveis pelas doenças propriamente ditas. Por essa razão, os antibióticos costumam ser as medicações mais indicadas nessas situações. 

Além disso, um profissional de saúde deve ser consultado se não houver melhora do estado geral depois de uma semana de uso de anti-inflamatórios não esteroides.

Nimesulida precisa de receita

Nimesulida precisa de receita?

Mesmo que esse anti-inflamatório, antitérmico e analgésico, pareça inofensivo e esteja disponível acessivelmente em diversas farmácias ou drogarias brasileiras, ainda é necessário apresentar uma receita médica no momento da compra, em virtude dos possíveis efeitos colaterais que o uso da medicação pode causar.  

Além de que, mesmo depois de comprar, é necessário tomar determinados cuidados com a sua utilização, respeitando o limite de tempo de uso. É por esse motivo que o fármaco é considerado tarja vermelha e só deve ser administrado sob prescrição médica

Nimesulida como tomar?

Antes de partirmos para as dosagens, é importante enfatizar que os comprimidos de nimesulida devem ser administrados depois das refeições, em uma menor quantidade possível e durante o período indicado pelo profissional de saúde responsável pela condição do paciente. 

Vale ressaltar também que as dosagens devem ser indicadas de forma particular e eficaz, de acordo com os sintomas apresentados por cada pessoa. 

Como tomar nimesulida em comprimidos?

A nimesulida em comprimidos deve ser ingerida uma ou duas vezes por dia, em uma dose de, no máximo, 100 mg, a cada 12 horas.

Mesmo que estejam descritas em certas bulas do medicamento, maiores doses devem ser evitadas, visto que uma extensa quantidade é capaz de acarretar efeitos colaterais danosos.

Como tomar nimesulida dispersível?

Já para a nimesulida dispersível, a dose recomendada continua sendo de um comprimido de 100 mg durante duas vezes ao dia, mas nesse caso, deve ser dissolvido em ½ copo de água (100 ml) e, posteriormente, misturado com o auxílio de uma colher higienizada. Dessa maneira, o remédio está pronto para ser ingerido. 

Entretanto, o comprimido dispersível também pode ser consumido por inteiro, sem a necessidade de dissolvê-lo em primeiro lugar. 

Como tomar nimesulida em gotas?

Enquanto isso, a nimesulida em gotas exige uma maior atenção. Primeiramente, é necessário entender que cada gota contém em torno de 2,5 mg de medicamento, portanto, a dose indicada é uma gota por quilo de peso, que deve ser intercalada em duas administrações por dia. 

Vale ressaltar que a dosagem não deve ultrapassar 80 gotas diárias. Em casos de intercorrências, é recomendado conversar com um clínico geral para saber qual medicação se encaixa melhor na sua situação. 

Quais são os cuidados necessários ao tomar nimesulida?

Em primeiro lugar, a nimesulida deve ser conservada em uma temperatura ambiente (15 a 30º), protegida da umidade e longe do alcance de crianças menores de 12 anos de idade.  

É importante enfatizar que durante o tratamento com essa medicação, os pacientes não são permitidos a tomar outros anti-inflamatórios não-esteroidais, além de drogas consideravelmente hepatotóxicas, como as bebidas alcoólicas. Sendo assim, se atentar a interações medicamentosas é fundamental para evitar futuras surpresas.

Além do mais, as mulheres grávidas ou lactantes não devem tomar o remédio para garantir uma maior segurança. Tanto que, o mesmo serve para mulheres que pretendem dar à luz futuramente ou que possuem dificuldades para engravidar e estão sob investigação de infertilidade. 

Fora que, existem grupos que não devem se submeter ao tratamento com nimesulida em hipótese nenhuma, como é o caso de:

  • Úlcera péptica em fase ativa e ulcerações constantes;
  • Hemorragia no trato gastrintestinal;
  • Distúrbios de coagulação;
  • Insuficiência cardíaca, renal e/ou hepática;
  • Suspeita de dengue.

Quais são os efeitos colaterais da nimesulida

Quais são os efeitos colaterais da nimesulida?

As chances de apresentar reações adversas durante o uso da nimesulida é muito grande e, devido a isso, a maioria dos especialistas de saúde costumam recomendar a substituição do remédio por outros anti-inflamatórios com efeitos similares e menores riscos de complicações. 

A preferência por variadas medicações acontece mesmo quando a utilização é por pouco tempo. Entre os possíveis medicamentos a serem priorizados, estão o ibuprofeno, cetoprofeno e diclofenaco.

Geralmente, os principais efeitos colaterais da nimesulida, são:

  1. Diarreia, constipação ou excesso de gases;
  2. Náusea e vômito;
  3. Indigestão (desconforto e queimação no estômago) e azia;
  4. Prurido;
  5. Tonturas, vertigens e visão turva;
  6. Sonolência;
  7. Retenção de líquido e inchaço;
  8. Diminuição do volume urinário;
  9. Sudorese elevada;
  10. Rash cutâneo;
  11. Hipertensão;
  12. Gastrite. 

Fora isso, existem complicações ainda mais graves acarretadas pelo uso prolongado e indevido do medicamento, como a úlcera péptica, lesão hepática e a insuficiência renal. 

Perguntas frequentes sobre como tomar nimesulida

Visto que o processo de utilização de nimesulida pode parecer um pouco complexo e minucioso, responderemos as perguntas frequentes a respeito de como tomar a medicação. 

Contudo, é importante lembrar que o artigo não deve substituir uma devida orientação médica, mas sim servir de auxílio para uma melhor prevenção e cuidado com a saúde. 

Pode tomar nimesulida junto com dipirona?

Uma das maiores dúvidas referentes à medicação é se pode tomar nimesulida junto com dipirona mas, assim como vimos ao decorrer do artigo, não é permitido administrar o fármaco com outros AINEs. Caso contrário, um alto risco de efeitos colaterais podem surgir. 

Nimesulida pode ser tomada com paracetamol?

Embora o paracetamol, também conhecido como acetaminofeno, contenha somente propriedades analgésicas e antitérmicas, não deve ser usado acompanhado da nimesulida. A razão nada mais é do que a possibilidade de os dois fármacos juntos causarem problemas renais, capazes de acarretar quadros hepáticos. 

Pode tomar nimesulida com suspeita de dengue?

Comumente, os pacientes que enfrentam os sintomas de dengue apresentam febre elevada e imediatamente procuram tomar a nimesulida em virtude do ligeiro efeito antipirético que o remédio demonstra, sem saber que a suspeita da doença está entre as principais contraindicações.

O uso da medicação pode elevar complicações hemorrágicas, portanto, caso você esteja inseguro, preste atenção aos sinais e procure rapidamente um atendimento médico, além de repousar e ingerir bastante líquido. 

Por fim, a utilização dos fármacos de modo incorreto e irracional pode interferir drasticamente no estado de saúde, ainda mais quando se trata de nimesulida. Levando em consideração esse fato, busque a opinião de um médico mais próximo a você e coloque a sua saúde em primeiro lugar.

A AmorSaúde é a rede de clínicas populares que mais cresce no Brasil, oferecendo diversas especialidades como cardiologia, oftalmologia, odontologia e ginecologia.

Se você gostou deste conteúdo e deseja investir mais na sua saúde, agende já sua consulta conosco!

Posts relacionados

3 thoughts on “Nimesulida como tomar: confira a dosagem e horários!

    1. Olá, Sueli!
      Esperamos que esteja bem.

      É sempre bom consultar o pediatra que acompanha a criança, pois, ele poderá avaliar mediante ao histórico da criança se ela poderá tomar esse medicamento ou não, tudo bem? 😊

      Um abraço!
      AmorSaúde. 💙❤️

Deixe um comentário