banner_blog_abril
Uma pediatra realizando cuidados em sua paciente. Uma pediatra realizando cuidados em sua paciente.

Pediatra: quanto ganha esse profissional da saúde?

7 minutos para ler

Pediatra é o profissional da saúde dedicado aos diagnósticos e cuidados de doenças que acometem a saúde das crianças. Porém, existem outras funções fundamentais exercidas pelo profissional da pediatria.

Saiba mais, neste artigo, o que é um pediatra, suas áreas de atuações e funções:

O que é pediatria?

A pediatria é uma palavra de origem grega (onde “paidos” significa criança e “iatreia” significa “processo de cura”) e se refere a especialidade que atua nos cuidados de doenças que acometem organismo de crianças, pré-adolescentes e adolescentes, até o início da fase adulta.

Na verdade, o trabalho do profissional da pediatria vai além disso, pois além de diagnosticar e tratar as doenças, é ele que também irá auxiliar as famílias sobre como manter hábitos saudáveis e levantar a importância da vacinação, para que a criança cresça bem e se previna de doenças, acidentes e outras ocasionalidades.

Pesquisas levantadas pela Sociedade Brasileira de Pediatria confirmam a presença de aproximadamente 40 mil profissionais da pediatria no Brasil, que podem escolher diversas subespecialidades, como por exemplo a neonatologia, neurologia pediátrica, infectologia pediátrica, medicina do adolescente e etc.

Quem é o pediatra?

Se você está se perguntando “o que é pediatra“, estamos falando do especialista que tem como função cuidar da saúde de recém-nascidos, bebês e crianças, até o início da fase adulta, além de analisar o progresso da evolução física e mental dessa faixa etária e orientar os pais sobre os cuidados necessários para manter a segurança e prevenir ocasionalidades.

Existem diversos tipos de doenças que podem ser tratadas por esse profissional da saúde, como alergias, infecções, distúrbios do sono e doenças crônicas, além de orientar os pais sobre os cuidados necessários fora e dentro de casa para garantir maior segurança.

Quais são as funções principais de um pediatra?

O pediatra possui diversas funções importantes para promover a saúde, bem-estar e bom desenvolvimento dos pacientes, pois seu papel abrange responsabilidades com a saúde da criança.

Entre essas funções estão o auxílio na prevenção, cuidados, diagnósticos e tratamentos de doenças que acometem desde recém-nascidos até as crianças no início da fase adulta.

Uma profissional da pediatria utilizando um estetoscópio para ouvir coração de pequeno paciente no colo de sua mãe.

Quais são as principais subespecialidades de um pediatra?

  • Neonatologia

Os neonatologistas realizam cuidados em recém-nascidos prematuros ou enfermos, geralmente nas unidades de terapia intensiva neonatal (UTIN), sempre atentos às necessidades médicas dos bebês nos primeiros meses de vida.

  • Pediatria de desenvolvimento

Esses especialistas realizam tratamentos e cuidados em crianças que apresentam atrasos de desenvolvimento e deficiências físicas, cognitivas e/ou comportamentais. O objetivo dessa pediatria é avaliar, diagnosticar e intervir o mais precocemente possível no progresso das doenças que acometem o desenvolvimento dos pacientes e garantir qualidade de vida da criança.

  • Pediatria de emergência

Esses especialistas cuidam de crianças em situações de emergência e lidam com diversas condições médicas agudas e lesões graves através de cuidados rápidos e eficientes.

  • Pediatria do adolescente

Os médicos para adolescentes são profissionais da saúde que cuidam da saúde e bem-estar dos adolescentes, auxiliando nas transições físicas, emocionais e sociais da infância para a idade adulta, através de cuidados com a puberdade, comportamento sexual, saúde mental e prevenção de doenças.

  • Pediatria pulmonar

A pediatria pulmonar trata doenças respiratórias como asma, bronquiolite ou fibrose cística, fornecendo diagnóstico e tratamento adequado para doenças pulmonares pediátricas, com o objetivo de melhorar a função respiratória e garantir a qualidade de vida da criança.

  • Pediatria cardíaca

Os pediatras cardiologistas realizam cuidados em pacientes com problemas cardíacos congênitos ou adquiridos através de diagnósticos e tratamentos para doenças cardíacas pediátricas, além de acompanhar a criança desde o nascimento até a adolescência.

Em que locais atua um pediatra?

Você pode encontrar um pediatra em diversos locais, como hospitais, clínicas, consultórios e postos de saúde. Em ambientes hospitalares/ambulatoriais, eles atuam nas áreas de internação e emergências pediátricas, além de unidades de terapia intensiva neonatal e pediátrica, realizando exames de rotina e avaliando o desenvolvimento infantil através do peso, altura e outros aspectos, como a saúde mental.

Em consulta particular com um pediatra em clínicas e consultórios, esses profissionais realizam avaliações de rotina, com o intuito de observar o desenvolvimento da criança, diagnosticar e tratar enfermidades, além de auxiliar os pais sobre as melhores formas de cuidar da nutrição, segurança e desenvolvimento infantil. 

Já nos postos de saúde, os profissionais pediatras realizam atendimento de baixa complexidade e orientam os responsáveis sobre como prevenir o surgimento de doenças e garantir saúde ao organismo da criança.

Quais as principais doenças tratadas por um pediatra?

  • Alergias

Seja devido à alguma substância ingerida na alimentação, como proteínas, conservantes ou corante, as alergias acometem boa parte dos pacientes pediátricos, e podem causar sintomas como dores no abdômen, coceiras, erupções cutâneas e, em casos mais agravantes, dificuldades respiratórias.

Já as alergias respiratórias, que envolvem fatores ambientais, podem provocar coriza, espirros e congestionamento nasal, provocando asma, rinites e outras doenças respiratórias.

  • Infecção no ouvido

Também chamada de otite média, a infecção no ouvido é causada pelo acúmulo de secreção no canal auditivo, causada por doenças como gripes e resfriados, ou até vazamento do leite durante a amamentação para os ouvidos do bebê, quando o mesmo se encontra em posição horizontal.

É comum que essa infecção atinja crianças pelo menos uma vez nos seus primeiros 5 anos de vida, e a prevenção pode ser realizada através de enxugar os ouvidos após o contato com água.

LEIA TAMBÉM: Oftalmologista infantil: veja 8 doenças oculares que trata!

  • Infecção na garganta

A infecção na garganta pode ser causada pela infecção por vírus ou bactérias, sendo a viral mais comum. A presença da infecção pode provocar faringite e amigdalite, além de sintomas como a falta de apetite e febre alta.

Para o tratamento dessas infecções podem ser indicados medicamentos antitérmicos e analgésicos e, em casos mais intensos, o uso de antibióticos.

  • Outras doenças

Doenças de origem viral como a catapora, caxumba, rubéola e sarampo também são muito comuns durante a faixa etária pediátrica, e podem ser bem incômodas, além de provocar complicações quando não forem devidamente tratadas. A melhor forma de prevenir o surgimento dessas enfermidades é através da vacinação.

Uma médica pediatra avaliando um pequeno paciente em seu consultório.

Desejo me tornar um pediatra, o que devo fazer?

Para se tornar um médico pediatra, é necessária a formação em medicina e exercer mais 3 anos de estudos e residência na especialidade da pediatria.

Além disso, é possível escolher diversas subespecialidades após completar essa rotina de estudo, como a alergia e imunologia, cardiologia pediátrica, neonatologia, oncologia pediátrica e etc.

Quanto ganha um pediatra?

A remuneração do pediatra pode variar entre regiões, carga horária, local de atuação e experiência profissional, podendo prevalecer numa média de R$6.589 e teto salarial de R$16.491,48. A média do piso salarial em 2023 era de R$7.252,15 para jornadas de trabalho de 21 horas semanais. 

A AmorSaúde é a rede de clínicas populares que mais cresce no Brasil, oferecendo diversas especialidades como cardiologia, oftalmologia, odontologia e ginecologia.

Se você gostou deste conteúdo e deseja investir mais na sua saúde, agende já sua consulta conosco!

Posts relacionados

Deixe um comentário