A importância do check-up médico: passo a passo do que você deve fazer

6 minutos para ler

O que é preciso fazer para ter uma vida saudável? Além da prática regular de exercícios físicos, de uma alimentação balanceada e até do controle do estresse, é fundamental realizar o check-up médico.

Muitas pessoas só se lembram de procurar um especialista quando sentem dor ou notam alguma mudança mais brusca no organismo. Contudo, para ter qualidade de vida, é preciso assumir o compromisso de fazer a prevenção.

Para orientar você sobre esse acompanhamento e sua importância, preparamos este post. Continue a leitura, descubra com qual frequência ele deve ser realizado, os médicos que você deve procurar e quais exames é preciso fazer!

Qual a importância de fazer o check-up médico?

Realizar as consultas médicas regulares vai prevenir uma série de problemas. Apesar disso, na fase adulta, principalmente, muitas pessoas deixam de ir ao médico e só se lembram desse profissional quando ficam doentes.

É recomendado que homens e mulheres façam uma avaliação anual da sua condição de saúde, pois muitas doenças podem ser assintomáticas em seu início. Daí a importância de passar pelo médico e realizar exames físicos, laboratoriais e de imagem, a fim de detectá-las precocemente.

Nessas consultas, o especialista, além de avaliar sua saúde e prescrever os tratamentos necessários, vai orientar quanto aos bons hábitos que é preciso adotar no dia a dia, como ter uma alimentação saudável.

Portanto, fazer o check-up médico significa ter qualidade de vida. Assim, mesmo que você tenha a rotina corrida, não deixe de fazer esse acompanhamento.

Com qual frequência é necessário realizar esse acompanhamento?

A frequência vai depender das particularidades de cada paciente. Por exemplo, grávidas e bebês de até um ano passam pela consulta uma vez ao mês. Já as mulheres saudáveis (adolescentes e adultas) devem fazer o acompanhamento preventivo no ginecologista a cada ano.

O médico vai orientar o paciente em relação ao período ideal para fazer a prevenção. O importante é você seguir essa orientação, para ficar tranquilo em relação à sua saúde.

Com quais médicos devo me consultar?

Você pode procurar um clínico geral (ou o pediatra, no caso das crianças) ou especialista, como:

  • ginecologista;
  • urologista;
  • oftalmologista;
  • cardiologista;
  • dermatologista.

Há, ainda, outros especialistas que são indicados, dependendo do histórico de saúde, hábitos ou doença crônica do paciente. Por exemplo: quem sofre de gastrite precisa visitar o gastroenterologista e fazer os exames necessários no intervalo que o médico orientar.

O ideal é procurar uma clínica de qualidade e que preze pelo atendimento humanizado, para que você receba uma atenção integral.

Quais exames é preciso fazer?

A questão é que muitos pacientes ficam adiando o check-up médico simplesmente por medo de fazer os exames laboratoriais e de imagem. Porém, saiba que passar por esses procedimentos é essencial para fazer o acompanhamento de alguma condição especial de saúde e também para diagnosticar doenças e lesões em estágios iniciais.

Os exames são, na maioria das vezes, rápidos e indolores; por isso, não há motivo para se preocupar. Na verdade, é simples cuidar da saúde. Acompanhe, a seguir, qual é a indicação dos procedimentos de acordo com faixa etária e sexo do paciente!

Exames para qualquer idade

  • Hemograma — investigação dos nutrientes e compostos do sangue, auxiliando, por exemplo, na detecção de anemia e infecção;
  • urina — exame com o objetivo de verificar a presença de infecções no trato urinário e problemas renais;
  • fezes — permite identificar parasitas, larvas e protozoários no organismo e verificar as funções digestivas. Pode ser recomendado também na investigação de câncer no intestino;
  • teste oftalmológico — exame para identificar alterações e doenças da visão.

Exames indicados a partir dos 20 anos

  • Medição da pressão arterial — para detectar casos de hipertensão arterial e fazer o acompanhamento dessa condição;
  • colesterol total e frações — avalia as taxas de gordura do sangue, como a do HDL (colesterol bom) e a do LDL (colesterol ruim), um controle essencial para manter o colesterol saudável;
  • triglicérides — identifica valores de um tipo de gordura do sangue que pode indicar risco de doenças cardiovasculares;
  • glicemia em jejum — investigação do nível de açúcar no sangue, fundamental para prevenção, diagnóstico e controle de diabetes;
  • ureia e creatinina — exame que identifica a função renal e sinaliza possíveis problemas, como insuficiência renal;
  • ácido úrico — quando esse exame apresenta níveis alterados, pode ser sinal de gota, hipertensão, cálculo renal e até doenças do coração;
  • eletrocardiograma — aponta o funcionamento do coração, sendo importante para diagnosticar doenças cardiovasculares;
  • teste ergométrico — é utilizado para medir a capacidade cardíaca e sinalizar possíveis doenças do coração, como aterosclerose;
  • endoscopia e colonoscopia — indicados para identificar doenças no esôfago, estômago, intestinos e ânus, inclusive câncer.

Exames indicados para mulheres

  • Papanicolau ou citologia oncótica — aponta infecções causadas por fungos e herpes, bem como verrugas e alterações no colo do útero. É um exame importante, pois previne o câncer do colo do útero;
  • ultrassom transvaginal — importante para detectar doenças do útero e ovários, como miomas, cistos e endometriose. Além disso, ajuda a prevenir câncer de endométrio e ovário;
  • mamografia — o exame é o principal procedimento para a prevenção do câncer de mama. As imagens mostram os tecidos mamários, permitindo identificar lesões em estágios iniciais. A indicação é que seja realizado, anualmente, a partir dos 40 anos. Contudo, mulheres com histórico familiar da doença devem realizar o exame antes;
  • densitometria óssea — analisa a densidade dos ossos e a perda de massa óssea, sendo indicado para a detecção e prevenção da osteoporose. Após a menopausa, o recomendado é que as mulheres realizem o exame uma vez ao ano.

Exames indicados para homens (a partir de 40 anos)

  • Exames da próstata — o toque retal, a ultrassonografia transretal e o exame de sangue PSA são realizados para prevenir e detectar o câncer de próstata.

Agora você já sabe por que é importante realizar o check-up médico. Com o acompanhamento regular, você e sua família podem prevenir e controlar uma série de doenças, algumas delas graves. Basta passar pela consulta e realizar os exames necessários.

Que tal começar a cuidar da sua saúde, realizando a prevenção? Agende uma consulta de modo prático e rápido com o clínico geral ou especialista em uma das unidades do AmorSaúde!

Posts relacionados

Deixe uma resposta