banner_blog_abril
sindrome do intestino irritavel sindrome do intestino irritavel

Síndrome do Intestino Irritável: sintomas, causas e tratamentos

11 minutos para ler

A síndrome do intestino irritável (SII) não tem cura, mas pode ser controlada com a alimentação saudável. A dieta recomendada vai variar de pessoa para pessoa e deve ser orientada por um médico ou nutricionista. Alguns profissionais podem orientar que o paciente faça um diário de refeições. A partir dele, é possível identificar quais alimentos estão relacionados a quais sintomas.

Neste artigo, explicaremos o que é a síndrome do intestino irritável, seus principais sintomas, causas e tratamentos. Em seguida, listaremos os principais grupos alimentares que podem agravar o problema. Por fim, daremos dicas de alimentos que podem ajudar a manter a saúde do intestino.

É importante frisar que este artigo não tem a intenção de substituir a consulta com um profissional. Por isso, se persistirem os sintomas, agende uma consulta online. Ciente dessa questão, aproveite a leitura!

O que é síndrome do intestino irritável?

A síndrome do intestino irritável é uma condição em que o intestino fica inflamado e apresenta contrações irregulares. Isso acontece toda vez que o paciente ingere determinados grupos de alimentos. Os sintomas principais são a diarreia ou a prisão de ventre, gases, arrotos, desconforto na barriga e mudanças no humor. Eles aparecem principalmente depois das refeições.

A doença atinge 2 vezes mais mulheres do que homens, e as causas não são bem conhecidas. Apesar disso, hoje se sabe que os hábitos de vida, a saúde emocional e a alimentação influenciam bastante no surgimento da doença. Não é possível detectá-la por meio de exame de sangue ou ultrassom. O diagnóstico é feito com o relato dos sintomas, que devem se repetir por cerca de 3 meses.

Como a síndrome não tem cura, os tratamentos existem apenas para aliviar momentaneamente dores e desconfortos. Em alguns casos, somente a mudança da dieta será suficiente. Já em outros, o médico poderá recomendar o uso de medicamentos para diarreia ou prisão de ventre, analgésicos e antidepressivos. Como a doença tem relação com o estado emocional, o acompanhamento psicológico também pode ajudar.

Sintomas de síndrome do intestino irritável

Os sintomas de síndrome do intestino irritável são bastante característicos e podem ser agravados depois do consumo de alimentos que apresentam prejuízos para as boas condições de saúde, como é o caso de café, bebidas alcoólicas e alimentos gordurosos. 

Neste momento, confira quais são os sinais que precisam de atenção. 

Incômodo na região abdominal

Na maioria das vezes, o incômodo na região abdominal é tão forte que torna um indivíduo incapaz de realizar as suas tarefas do dia a dia, interferindo na qualidade de vida de forma severa. Além disso, pode ser acompanhado de sensações de enjoo, dores, falta de apetite e perda de peso. 

Geralmente, esse desagrado aparece de forma ainda mais severa quando a pessoa afetada consome alimentos como laticínios, frituras, bebidas alcoólicas, café, refrigerantes ou água com gás. Depois desse consumo, também é possível observar um aumento no tamanho do abdômen. 

Cólica intensa 

A cólica intensa também é um dos principais sintomas da síndrome do intestino irritável, atrapalhando a realização de atividades diárias. A maioria dos pacientes tendem a apresentar essa dor na região inferior do abdômen, devendo comunicar esse detalhe ao médico para facilitar a obtenção de um diagnóstico adequado. 

Sangramento retal 

O sangramento retal é um dos sintomas mais preocupantes da síndrome do intestino irritável, devendo ser analisada atentamente pelo paciente. O perigo é ainda maior quando a presença de sangue aparece de forma repentina e constante. Além do mais, é preciso prestar atenção se ele ocorre junto de sensação de queimação e outros incômodos. 

Diarreia e constipação 

A diarreia é um sintoma da síndrome do intestino irritável que ocorre quando existe uma alteração da consistência das fezes. Ou seja, ela acontece quando as fezes ficam líquidas ou pastosas, fazendo com que o paciente tenha que ir ao banheiro várias vezes ao dia. 

Portanto, até ele percebe que esse aumento não parece ser normal, já que a evacuação pode acontecer 3 vezes ou mais. Sem contar que, esse incômodo é alternado com a constipação. 

Nesse caso, a pessoa doente começa a sentir uma menor necessidade de ir ao banheiro, passando a evacuar menos de 3 vezes por semana. Nesse caso, ela também pode apresentar dificuldades, além de ressecamento, cólicas, desconforto e distensão do abdômen. 

Excesso de flatulência 

Por sua vez, o excesso de flatulência é um dos sintomas que mais causam incômodos nos pacientes que sofrem com a síndrome do intestino irritável. Esse desconforto pode estar acompanhado de uma distensão do abdômen bastante destacada, mas isso não é uma regra. Além do mais, o sintoma não é capaz de amenizar as dores locais. 

Dificuldade para engolir 

A síndrome também faz com que o paciente tenha dificuldade para engolir refeições sólidas. Isso faz com que o paciente tenha dúvidas se está passando por problemas no estômago ou no esôfago, urgindo a necessidade de buscar por assistência médica. 

Sensação de não conseguir esvaziar o intestino 

Essa sensação faz com que um paciente pense que precisa ir ao banheiro inúmeras vezes ao dia, independente se o intestino está vazio ou não. Dessa forma, ele sente que não consegue evacuar corretamente, apresentando a sensação de evacuação incompleta. 

Quais alimentos devem ser evitados para quem tem SII?

Como dito acima, a dieta adequada varia de acordo com cada paciente. Entretanto, existem alguns alimentos que fazem mal para a saúde em geral e devem ser evitados.

Principalmente para quem tem a síndrome do intestino irritável, os itens que elencaremos a seguir são bastante prejudiciais. Eles têm um efeito inflamatório no organismo e irritam a mucosa intestinal (tecido sensível que reveste o interior do órgão). Veja quais são.

Comidas gordurosas

As comidas ricas em gorduras saturadas — popularmente conhecidas como “gorduras ruins” — são de difícil digestão. Elas sobrecarregam o intestino, causando gases, inchaço na barriga, prisão de ventre ou diarreia. Alguns exemplos são:

  • frituras;
  • embutidos (salsicha, linguiça, presunto, bacon);
  • carnes vermelhas.

Laticínios

Além de serem gordurosos, os laticínios contêm um açúcar chamado “lactose”, que também é inflamatório e causa alergias. Eles não são bem absorvidos pelo intestino e, por isso, sofrem fermentação. Nosso intestino funciona com a ajuda de bactérias boas, a chamada “flora intestinal”. A fermentação causa um crescimento no número de bactérias ruins, que atrapalham o trabalho das boas.

Alimentos com glúten

O glúten é uma proteína encontrada em cereais, a exemplo do trigo, do centeio e da cevada. Quem tem síndrome do intestino irritável deve evitar o consumo de massas, doces e qualquer tipo de alimento à base desses ingredientes. Quando chega ao intestino, o glúten forma uma “cola” que gruda às paredes do órgão. Isso causa inflamações e dificulta a absorção de outros nutrientes.

Álcool

O alcoolismo não tem relação direta com a síndrome do intestino irritável, mas pode piorar os seus sintomas. O motivo é que o álcool altera a flora intestinal, causando diarreias. Ele também atrapalha na absorção de nutrientes. Além de tudo, o uso excessivo de bebida alcoólica afeta o organismo por inteiro.

Açúcares

Sabemos que o açúcar branco (ou refinado) é um vilão para a saúde. Seu consumo é muito danoso para o intestino. Assim como os itens descritos acima, ele é altamente inflamatório, prejudica a flora intestinal e agride as paredes do intestino. Experimente substituir o açúcar branco pelo mascavo, ou por melado, stevia ou açúcar de coco.

Alimentos que provocam movimentos intestinais

Apesar de não conterem substâncias que irritam o intestino, alguns alimentos têm efeito laxativo. Eles provocam movimentos que geram a expulsão do conteúdo fecal. Isso pode ser um problema para quem tem a diarreia como principal sintoma da síndrome do intestino irritável. Entre os alimentos estão o café e a ameixa.

Dieta para síndrome do intestino irritável

Dieta para síndrome do intestino irritável, quais alimentos consumir

Uma dieta para síndrome do intestino irritável pode ajudar a aliviar os sintomas da síndrome do intestino irritável. Conheça quais são os melhores alimentos para auxiliar no tratamento.

Verduras

As verduras são ricas em fibras, que ajudam no trânsito intestinal e na formação das fezes. Por isso, recomenda-se incluir na dieta vegetais folhosos como couve, alface e espinafre. Mas atenção: se o sintoma principal é a diarreia, dê preferência para legumes com amido, como a batata e a cenoura.

Frutas sem casca

As frutas também contêm muitas fibras e são de fácil digestão. Algumas pessoas não reagem bem a algumas delas, como melancia, manga e maçã, mas isso deve ser avaliado individualmente. Veja exemplos de frutas que podem ser consumidas: banana, coco, laranja, limão, uva e abacaxi.

Alimentos ricos em gorduras boas

Outros tipos de alimentos para quem tem síndrome do intestino irritável são os ricos em gorduras boas que também contribuem para o bom funcionamento do intestino. São eles:

  • oleaginosas (castanhas e nozes);
  • amendoim;
  • sementes (linhaça, chia, girassol);
  • abacate.

A síndrome do intestino irritável é uma doença que pode acompanhar o paciente pelo resto da vida. Apesar disso, a mudança de hábitos alimentares é uma saída para a melhora dos sintomas. Comidas ricas em gorduras saturadas e carboidratos refinados fazem mal para o intestino e o organismo em geral. Já as frutas, as verduras e as castanhas são ricas em fibras e nutrientes que contribuem para um intestino saudável.

Tratamentos para síndrome do intestino irritável

Os tratamentos para síndrome do intestino irritável variam de acordo com os sintomas de cada paciente. Quando a pessoa afetada está passando por fortes dores, é possível que o profissional de saúde indique o uso de fármacos antiespasmódicos. Existe, ainda, a possibilidade de haver uma recomendação de antidepressivos tricíclicos, anti-inflamatórios e analgésicos

Já quando possui fezes aquosas ou pastosas, o mais indicado é utilizar remédios que elevem a consistência do bolo alimentar. Em consequência, a frequência das movimentações intestinais é reduzida. Quando essa opção não surte efeito e o paciente apresenta resistência, o tratamento pode ser feito por meio da utilização de antibióticos em um curto espaço de tempo. 

Outro problema é a constipação. Portanto, para tratá-la e obter mais bem-estar é recomendado adotar uma dieta equilibrada e balanceada. Nesse caso, o profissional de saúde pode indicar a opção que mais se adequa a sua situação. De qualquer forma, o objetivo é reduzir os sintomas e proporcionar mais qualidade de vida. 

Além disso, é importante deixar claro que ainda não existe a cura para a síndrome do intestino irritável. Afinal, não existe um fator responsável definido para as reações adversas que o intestino apresenta, as quais são capazes de gerar um enorme desconforto. 

No entanto, seguir as recomendações médicas e evitar os fatores desencadeantes é capaz de gerar uma melhoria significativa. Os remédios contêm a capacidade de promover o controle dos desagrados, mas é importante que a pessoa afetada tenha uma participação ativa no tratamento e evite hábitos nocivos. Por isso, o estilo de vida saudável é o melhor caminho a ser seguido. 

A AmorSaúde é a rede de clínicas populares que mais cresce no Brasil, oferecendo diversas especialidades como cardiologia, oftalmologia, odontologia e ginecologia.

Se você gostou deste conteúdo e deseja investir mais na sua saúde, agende já sua consulta conosco!

Posts relacionados

54 thoughts on “Síndrome do Intestino Irritável: sintomas, causas e tratamentos

    1. Infelizmente tenho Síndrome intestino irritável, tudo que adoro comer não posso, só o que não gosto posso comer, é não tem cura, tem 20 anos com esse sofrimento. Tenho 77 anos.

      1. Olá Lucia, Boa tarde. Tudo bem? Importante buscar, o quanto antes, uma orientação médica para entender mais sobre a sua situação: amorsaude.com.br . Será um prazer te atender em nossa Clínica! 😍

    2. Bem explicado! Descobri que tenhoSII faz 10 anos, mas sofro desde criança. Problema é conseguir se alimentar bem, quando quase td faz mal. Cada dia q passa mais alimentos fazem mal. Já fiz tratamento. Pra ajudar veio casado c Fibromialgia, tem dias q é muito triste, as pessoas não entendem. Não consigo mais trabalhar, aí não tenho grana para fazer tratamentos adequados e nem para comprar uma alimentação 100% correta.
      Fico feliz quando durmo pois, não sinto as dores e desconfortos. Nenhuma tem cura. Depois do covid forte q peguei só piorou tudo.

  1. O artigo é muito útil para quem SII. Gostaria de receber orientação com relação ao crustáceo se faz mal para quem sofre desta doença.

    1. Oi Celina, Boa tarde. Tudo bem? Que tal marcar uma consulta conosco, hoje, e assim tirar melhor todas as suas dúvidas? amorsaude.com.br . Estamos te esperando em nossa clínica! 😍

        1. Oi Adriana, já experimentou farinha de tapioca? Crua e também torrada. Com a crua é possível fazer pães deliciosos e não é cara não. Estou com SII desde a adolescência, sendo que piorou muito depois dos 35 e pior ainda depois dos 40. Já não fazia ideia do que comer sem me costar um olho da cara, até uma aluna minha me ensinou fazer pães de tapioca branca, só colocar na panela previamente esquentada e eles cozinham rápido. Dai a volta nos pães para cozinhar do outro lado. Eu depois adiciono açúcar mascavo e nozes ou cramberry ou outra fruta que consigo comer e pronto. Meio quilo de farinha de tapioca branca custa 6 reais. A torrada custa entre 10 e 13, mas me dura 1 mês. Arroz tipo 1 também é bom (pelo meno para a minha SII) e barato (6 reais um quilo e também me dura bastante). Aprendi fazer o porridge de arroz para variar (obviamente evitando colocar o leite, pois mesmo não tendo intolerância à lactose, a tenho à uma proteina contida no leite de vaca), com 2 ou 3 colheres de arroz branco tipo 1 e uma colher de arroz integral, açúcar mascavo, mel de eucalipto -pouco, sem abusar- e meia noz ou outra fruta pequena que não faz mal à SII. O que acho caros, mas infelizmente não posso abrir mão por causa de osteopenia, são os yogurtes gregos e o parmesão, os laticínios que nunca me fazem mal (com muita moderação posso comer queijo minas e ricotta fresca, mas queijos são caros mesmo), então busco as promoções em mercados.

  2. Eu tenho a síndrome do intestino intratável , só que depois que eu tive a covid 19 estão aparecendo outros sintomas mais intensos no meu intestino . Tudo q eu como me faz mal e não dormo direito.

    1. Oi Luzia, Boa tarde. Tudo bem? Importante procurar um médico para uma melhor orientação, hein? Que tal agendar a sua consulta, hoje, conosco e cuidar da sua saúde com muito amor: amorsaude.com.br . Será um prazer te atender em nossa clínica! 😍

  3. tenho o sindrome do intesino irritado ha mais de seis messes tomo laxantes e faco uma alimentacao o mais saudavel possivel tomo buscopan mas estou saturada nonca mais me sinto bem sera que nao ha solucao para este problema obg

    1. Oi Manuela, Boa tarde. Tudo bem? Importante procurar um médico para uma melhor avaliação. Se for com os cuidados da AmorSaúde, melhor ainda. Agende já: amorsaude.com.br . Será um prazer te atender em nossa Clínica! 😍

      1. Boa tarde, eu acho que tenho também essa síndrome do intestino irritável, tô tendo muitos gases e cólicas, as vezes o q como me faz mal, principalmente glutem e leite..

        1. Eu sofro disso a 15 anos,muito ruim viver inchada constipação eu q mais sofro ,e tem dias com dores do lado direito do andomem como se tivece dando um nó na minha tripa ,eu evito comer tantas coisas por causa disso, minha alimentação é bem balanceada tem dias q choro 😢 de tristeza ,o q faço pra melhorar mais isso doutor?

          1. Olá, Nelcirene!
            O ideal é que você procure um médico que poderá solicitar alguns exames para que entenda e feche um diagnóstico da sua condição. Uma dica é você fazer um diário da sua alimentação e levar ao médico, assim, poderá auxiliar na investigação do que está te fazendo mal. Aproveite e agende uma consulta pelo nosso site https://paciente.amorsaude.com.br/ 😉 Um abraço! 💙❤️

    1. Olá Andrea, Boa tarde. Tudo bem? Localize a Unidade de Atendimento mais próxima de você através do nosso site e entre em contato diretamente para maiores informações: amorsaude.com.br/unidades . Será um prazer te atender em nossa Clínica! 😍

  4. Procurei muito uma explicação para o que acontece comigo, toda vez q como bacon, ou toda vez q como alimentos muito gordurosos, fico uma semana com o estomago ruim, só passa quando aparentemente limpa tudo aquilo que comi, acho q nesta matéria encontrei a causa, vou tentar readequar toda a minha alimentação, obrigado pela ótima e bem explicada matéria.

          1. Olá boa noite já tem 30 dias q estou cm diarréia.eu coloquei pra esquentar um arroz de forno dormindo pra mim almoçar depois disso meu intestino nunca mais foi o mesmo comecei a sentir dores de barriga forte e diarréia fui no médico ele mim passou uns remédios eu tomei as dores de barriga passou mais a diarréia não eu vou no banheiro de 3 a 4 vezes por dia e minha fezes fica vindo pastosa e farelada acompanhando de muito muco oq pode ser

          2. Olá, Natercio!
            É importante o senhor agendar uma consulta, e conversar com o médico sobre os sintomas que sentiu após a ingestão desse alimento.
            Aproveite os nossos serviços e agende uma consulta presencial ou por Telemedicina através do nosso site https://paciente.amorsaude.com.br/
            Um abraço! 💙❤️

      1. Boa tarde, eu acho que tenho também essa síndrome do intestino irritável, tô tendo muitos gases e cólicas, as vezes o q como me faz mal, principalmente glutem e leite..

        1. Oi Renata, Boa tarde. Tudo bem? É fundamental você procurar uma orientação médica para saber mais detalhadamente sobre a sua situação e obter as orientações necessárias. Que tal ter aquele cuidado que só o AmorSaúde, tem? Encontre a Unidade mais próxima de você e agende já: amorsaude.com.br/unidades. Será um prazer te atender em nossa Clínica! 😍

        2. Oi, Boa tarde. Tudo bem? É fundamental você procurar uma orientação médica para saber mais detalhadamente sobre a sua situação e obter as orientações necessárias. Que tal ter aquele cuidado que só o AmorSaúde, tem? Encontre a Unidade mais próxima de você e agende já: amorsaude.com.br/unidades. Será um prazer te atender em nossa Clínica! 😍

  5. Descobri a sindrome há 9 anos, tinha 26 anos, é mto sofrido, infelizmente nao pode comer quase nada, em crise então como estou agora tudo faz mal, mto triste isso =\

    1. Oi Priscila, Boa tarde. Tudo bem? É fundamental você procurar uma orientação médica para saber mais detalhadamente sobre a sua situação e obter as orientações necessárias. Que tal ter aquele cuidado que só o AmorSaúde, tem? Encontre a Unidade mais próxima de você e agende já: amorsaude.com.br/unidades . Será um prazer te atender em nossa Clínica! 😍

      1. Excelente matéria!
        Já sofro com essa síndrome há 19 anos, desde que tive diverticulite.
        Apesar de todo esse tempo, ainda tinha muitas dúvidas em relação a alimentação.
        Por isso, achei o artigo bastante esclarecedor e importante pra quem sofre com essa doença e vai ser de muita valia para mim.

    2. É assim mesmo. Durante a crise até água o corpo expulsa. Uma coisa que me ajuda bastante é suco de maracujá fraquinho e chá de erva doce. Alivia minhas dores. Se cuida! Eu descobri há aproximadamente cinco anos e te digo, vai conseguir entender um pouco melhor com o passar do tempo. O que meu dr pediu e me ajudou bastante foi anotar o que comia para descobrir o que me fazia bem ou não. Cada corpo é único e exitem três tipos de sii. Descubra o melhor caminho para o seu. Na dúvida, procure o gastroenterologista. Abraço 🤗

  6. Tudo isso que sinto não posso comer quase nada, tenho SII há muito tempo mesmo 15 há 20 anos , tbm tenho problema de stresses tomo até remédio ,sei que é difícil o tratamento já fiz vários exames mais uma vez tive que tomar Nutren estava muito fraca e abatida não tem cura nunca mais fui ao médico desde a pandemia as coisas ficaram mais difícil pra dinheiro mais estou sem aguentar mais, preciso de uma solução passar no médico e um outro Nutricionista tbm pq muitas cólicas diarréia minha pele engilhada tomo muita àgua mais estou muito fraca, tenho gastrite crônica TBM intestino irritável e como faço não sei o que faço preciso fazer Endoscopia colonoscopia e exames complementares ,como vou resolver por celular????

    1. Oi Tania, Bom dia. Tudo bem? É fundamental você procurar uma orientação médica para saber mais detalhadamente sobre a sua situação e obter as orientações necessárias. Que tal ter aquele cuidado que só o AmorSaúde, tem? Encontre a Unidade mais próxima de você e agende já: amorsaude.com.br/unidades . Será um prazer te atender em nossa Clínica! 😍

  7. Fiquei com dúvidas sobre as frutas. Tenho SII a mais de 10 anos. É bem complicado. Se tiver alguma alteração emocional tenho crise. Procuro comer uma proteína e legumes diariamente. Pela manhã como tapioca. Sinto falta de frutas e sucos.

    1. Oi Nani, Boa noite. Tudo bem? É fundamental você procurar uma orientação médica para saber mais detalhadamente sobre a sua situação e obter as orientações necessárias. Que tal ter aquele cuidado que só o AmorSaúde, tem? Encontre a Unidade mais próxima de você e agende já: amorsaude.com.br/unidades. Será um prazer te atender em nossa Clínica! 😍

  8. Matéria maravilhosa a saúde do nosso corpo como num todo é importantíssimo… prevenção sempre…alimentos saudáveis a todo instante… gratidão Filipe…😊🙏

  9. Boa tarde… Minha esposa é acometida da SII! Devido a profissão, fica complicado as vezes realizar as refeições de forma regrada. Como se não bastasse, moramos em uma cidade pequena – 5 mil habitantes -, onde não temos farto acesso há alguns itens que compõe um cardápio para os portadores da síndrome. Vocês realizam atendimento on-line?

  10. Sofro há 23 anos com essa síndrome do intestino irritado, passo semanas inteiras sem dormir constipado, é o que é pior, tomo Rivotril desde que descobri a doença, porém nestas crises não durmo nem com o calmante essa doença me priva de tudo o que eu gosto de comer, ninguém merece, e a medicina não resolve

    1. Olá, Dulcelino!
      Monte um diário da sua alimentação e leve para conhecimento do seu médico, assim, vocês conseguirão entender os grupos alimentares que te fazem mal, como é uma doença que não tem cura, você terá que restringir a sua alimentação, para que as crises sejam mais curtas.
      Se você precisar de um médico, agende em uma de nossas clínicas pelo nosso site https://paciente.amorsaude.com.br/ 💙❤️

  11. Boa tarde, tive a síndrome do intestino irritável com 23 anos , fiz terapia com psicólogo, e me tratei junto com o gastro , melhorei e recentemente voltou, pois tive um estresse muito grande, hoje com 42 anos, voltei para o psicólogo. No meu caso o psicólogo me ajudou muito, pois a alimentação já cuido.

Deixe um comentário