banner_blog_abril
celular faz mal para os olhos celular faz mal para os olhos

Celular faz mal para os olhos? Descubra a resposta de especialistas!

7 minutos para ler

Muitas pessoas passam horas em frete ao computador ou à tela do telefone. O que muita gente não sabe é que a luz de dispositivos, como o celular, faz mal para os olhos. O uso constante desses equipamentos é muito comum na atualidade. Para estudar, trabalhar ou como forma de lazer, estamos sempre conectados a essas modernidades.

Porém, a utilização em excesso de celulares, computadores e televisão pode ser muito prejudicial à saúde dos olhos. Existem diferentes tipos de doenças que podem ser ocasionadas pelo uso exagerado de aparelhos eletrônicos.

Neste post, vamos falar sobre as doenças provocadas pelo uso constante desses equipamentos e dar dicas para manter os olhos saudáveis. Confira!

Quais os efeitos da luz de dispositivos eletrônicos?

Ficar tempo demais olhando para qualquer tela luminosa, como as de celulares e tablets, pode causar cansaço nos olhos, além de deixá-los secos e irritados. Isso porque essa luz azul-violeta é responsável por causar degeneração macular, uma das principais causas de cegueira do mundo.

A luz azul-violeta tem um curto comprimento de onda para alta energia emitida. Por isso, é elevada a taxa de absorção pela retina, o que leva ao aparecimento de drusas que antecedem a degeneração macular. Porém, os efeitos nocivos desse tipo de luz se manifestam em longo prazo e tendem a piorar de acordo com o tempo de exposição a ela.

O excesso desse tipo de luminosidade causa degeneração das células da região, que não têm capacidade de renovação. Assim, os danos à saúde dos olhos são maiores ao longo do tempo. Essa luz não causa cegueira total, mas afeta a visão central de forma irrecuperável.

Uso prolongado de celular faz mal para os olhos?

Como vimos, o uso prolongado de aparelhos eletrônicos, como smartphones e computadores, pode ser muito danoso à saúde dos olhos. Quanto maior for o tempo que você passar utilizando essas tecnologias, mais chance de desenvolver doenças oftalmológicas.

Além desses agravos, problemas psicológicos podem ser causados pelo uso exagerado dos celulares. Isso porque algumas pessoas deixam de viver a realidade e ficam presas ao mundo virtual, afetando seu desenvolvimento social.

Elas se prendem, por exemplo, a comentários e curtidas para não se sentir sozinhas, causando ansiedade, depressão e dependência. Além do mais, sons e luzes de celular antes de dormir podem desenvolver distúrbios do sono e insônia. Problemas de postura também são bastante comuns, principalmente, nos mais jovens.

doenças causadas por uso excessivo de dispositivos eletrônicos

Quais as doenças causadas por uso excessivo de dispositivos eletrônicos?

Alguns sintomas podem ser causados pelo uso em excesso dos dispositivos eletrônicos, como olhos secos ou coceiras, visão embaçada, tensão ocular, visão dupla, fadiga, dificuldade de concentração e dor de cabeça, pescoço ou nos ombros. Confira alguns problemas de saúde que podem ser causados pelo abuso dessas tecnologias.

  • Visão turva
  • Dores de cabeça
  • Vermelhidão e ressecamento dos olhos
  • Cansaço ocular
  • Degeneração macular
  • Glaucoma

1. Visão turva

A sensação de acomodar os olhos e não conseguir focar determinada distância, parecendo miopia, pode ser a conhecida visão turva, ocasionada pelo uso exagerado de aparelhos eletrônicos.

2. Dores de cabeça

A tela pequena do smartphone, por ter baixa qualidade de imagem, demanda mais força para acomodar a visão, causando fadiga, cansaço mental e dores de cabeça. Esses danos podem ser reduzidos com o descanso apropriado de corpo e mente.

3. Vermelhidão e ressecamento dos olhos

Em média, piscamos 15 vezes por minuto. Porém, quando estamos com os olhos focados nos aparelhos eletrônicos, a tendência é que esse número diminua para quatro a cinco vezes por minuto.

Dessa forma, os olhos não lubrificam o necessário e podem ficar vermelhos e ressecados. A falta de lubrificação é a causa da Síndrome da Visão Cansada. Poluição e aparelhos de ar-condicionado tendem a piorar ainda mais esses problemas.

4. Cansaço ocular

A primeira sensação que pode aparecer quando ficamos expostos por longos períodos à luz emitida pelos dispositivos eletrônicos são os olhos cansados. Isso acontece devido ao grande esforço realizado ao nos concentrarmos para ler ou ver algo com luminosidade refletida diretamente nos olhos.

5. Degeneração macular

A região dos olhos responsável por captar as imagens é a porção central da retina, também conhecida como mácula. É através dela que os olhos registram os detalhes visuais. Essa doença que desgasta essa região é conhecida como Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI).

Como está associada ao desgaste da retina, a DMRI é mais comum em pessoas acima de 50 anos, mas pode também afetar os mais jovens devido ao uso excessivo do celular.

Os principais sintomas da doença são vista borrada ou com manchas, redução na nitidez das cores, distorção das linhas retas e perda progressiva da visão. A degeneração macular é, sem dúvidas, o problema mais sério que pode ser provocado pelo uso intensivo dos aparelhos de celular.

6. Glaucoma

Essa é uma doença causada pela elevação da pressão dos olhos, provocando lesões no nervo ótico que comprometem a visão. Caso não seja tratado corretamente, pode levar à cegueira. Diabetes e catarata podem potencializar o glaucoma.

Como cuidar da saúde dos olhos?

Uma das principais dicas para manter a saúde ocular é consultar regularmente o oftalmologista, principalmente, a partir dos 35 anos. A realização de exame oftalmológico, periodicamente, é fundamental para acompanhar a saúde dos olhos.

Exames como refração, acuidade visual, biomicroscopia e fundo de olhos são essenciais para diagnóstico e tratamento. Outras atitudes simples podem ajudar a prevenir esses problemas oftalmológicos, veja:

  • pisque bastante para ajudar na lubrificação dos olhos, cerca de 10 vezes a cada 20 minutos;
  • adeque o brilho e o contraste da tela e, se possível, utilize o modo noturno;
  • reduza o reflexo utilizando vidro anti-reflexo ou protetor de tela fosco;
  • faça intervalos para relaxar a musculatura dos olhos, pare por 20 segundos a cada 20 minutos;
  • mantenha uma distância adequada da tela para não forçar muito a vista;
  • conserve a tela limpa para remover manchas ou sujeiras que atrapalham a visão.

Portanto, mantendo suas consultas com o oftalmologista em dia e seguindo estas dicas, é possível evitar problemas oculares causados por uso de dispositivos luminosos. Além disso, quando em excesso, o celular faz mal para os olhos. Procure outras atividades prazerosas, como caminhadas ao ar livre ou uma boa leitura, para desviar a sua atenção dessa tecnologia.

Agora que você sabe tudo sobre problemas oftalmológicos causados pelo uso excessivo do celular, que tal se manter bem informado sobre outros assuntos relacionados a sua saúde? Siga AmorSaúde no Facebook, Instagram ou no canal do Youtube!

A AmorSaúde é a rede de clínicas populares que mais cresce no Brasil, oferecendo diversas especialidades como cardiologia, oftalmologia, odontologia e ginecologia.

Se você gostou deste conteúdo e deseja investir mais na sua saúde, entre em contato conosco!

Posts relacionados

Um comentário em “Celular faz mal para os olhos? Descubra a resposta de especialistas!

Deixe um comentário