7 prejuízos do cigarro para nossa saúde

6 minutos para ler

Você sabia que o cigarro causa mais de 8 milhões de mortes por ano em todo o mundo? Mais impressionante ainda é o fato de que uma parte significativa dessa estatística (mais de 1 milhão de pessoas) é formada por não fumantes, pessoas que apenas foram expostas às substâncias nocivas do tabaco! Muita gente, não concorda?

A boa notícia é que o Brasil se destaca no combate ao fumo, com campanhas que proíbem o cigarro em ambientes públicos, com a restrição de publicidade das marcas e até com o aumento da carga de impostos sobre esses produtos. Apesar disso, não podemos nos acomodar. A luta contra o tabagismo deve ser constante. Cada vez mais pessoas precisam se conscientizar sobre os males desse vício.

Vamos começar agora? Que tal conhecer 7 dos maiores prejuízos do cigarro para saúde? Acompanhe nosso post para ficar em alerta quanto aos perigos do tabaco!

1. Aumenta o risco de câncer

Não tem como fugir: quem fuma tem mais chances de desenvolver câncer. Sabia que 90% dos casos de câncer de pulmão, por exemplo, ocorrem por conta do tabaco? E é claro que quanto maior for o consumo de cigarros por dia, maior também será o risco de desenvolver a doença. Para você ter uma ideia, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), foram estimados 31.270 novos casos desse tumor só em 2018. 

O que as pessoas precisam saber é que, apesar de ser uma doença extremamente agressiva e de causar muitas mortes, o problema é evitável justamente por estar bastante associado ao fumo. Vale ressaltar ainda que as milhares de substâncias tóxicas contidas no cigarro não afetam apenas os pulmões. Na realidade, os fumantes também têm mais risco de apresentar outros tipos de câncer, como:

  • de boca;
  • de traqueia, faringe e laringe;
  • de esôfago;
  • de pâncreas;
  • de rins;
  • de fígado;
  • de bexiga;
  • de estômago;
  • de colo do útero;
  • leucemia mieloide aguda.

2. Faz mal para quem está ao redor

Quem convive com fumantes em casa, no trabalho ou outros ambientes coletivos também pode desenvolver doenças por conta da exposição à fumaça do cigarro. Aliás, acredite se quiser: a fumaça liberada com o fumo apresenta, em média, um teor 3 vezes maior de nicotina e monóxido de carbono, além de até 50 vezes mais substâncias cancerígenas que a fumaça que o próprio fumante inala!

Pessoas que ficam expostas a essa fumaça por um curto período já podem apresentar alergias, com tosse, rinite, asma e conjuntivite, por exemplo. Enquanto isso, quem fica exposto à fumaça por longos períodos tem mais chance de desenvolver patologias mais graves, como câncer de pulmão, doenças respiratórias e até problemas cardíacos, como infarto. O risco é maior ainda para as crianças e gestantes.

3. Reduz a expectativa de vida

Os prejuízos do cigarro para a saúde são tão graves que chegam a reduzir até mesmo a expectativa de vida de quem fuma. Muitas pessoas não imaginam, mas os fumantes perdem 10 anos de vida em comparação com pessoas que não fumam. A boa notícia é que quem larga o cigarro consegue reverter (ao menos parcialmente) esse quadro! Se você para de fumar aos:

  • 30 anos: ganha cerca de 10 anos em expectativa de vida, revertendo o risco de morrer prematuramente;
  • 40 anos: ganha cerca de 9 anos em expectativa de vida;
  • 50 anos: ganha cerca de 6 anos em expectativa de vida;
  • 60 anos: ganha cerca de 3 anos em expectativa de vida.

Diante disso, não restam dúvidas do quanto é importante procurar um tratamento de tabagismo para largar o vício o mais cedo possível e voltar a ter qualidade de vida!

4. Provoca envelhecimento precoce

Pessoas que fumam também ficam com uma aparência mais envelhecida, já que outra das inúmeras consequências negativas do tabagismo surge em forma de problemas dermatológicos, como o surgimento de rugas, o ressecamento e amarelamento da pele, além da queda de cabelo.

Tudo isso acontece porque as substâncias tóxicas do cigarro causam a diminuição da circulação sanguínea na pele, processo chamado de vasoconstrição. Como resultado, há redução de colágeno e elastina, diminuindo as fibras que garantem a firmeza da pele.

5. Prejudica a saúde bucal

Mais um prejuízo do cigarro envolve a saúde bucal, trazendo problemas nos dentes e nas gengivas. Além de um sorriso mais amarelado, do constante mau hálito e de problemas no paladar, o fumante está mais propenso a ter infecções nas gengivas e nas estruturas de sustentação dos dentes. 

Quando não tratados adequadamente, esses casos podem levar à perdas dentárias. Isso acontece porque o fumo compromete o sistema imunológico, dificultando o combate às bactérias causadoras dessas doenças. Sem contar que o tabagismo também dificulta a boa cicatrização da gengiva, interferindo nos resultados dos tratamentos de saúde bucal.

6. Causa mais de 50 doenças

O consumo do cigarro pode causar mais de 50 doenças, entre elas:

  • doenças coronárias: o tabagismo aumenta a probabilidade de morte por doenças no coração, como angina e infarto;
  • problemas circulatórios: quem fuma tem mais chance de desenvolver arteriosclerose, o que pode levar a dificuldades de locomoção e dores;
  • pneumonia: infecção que acomete mais os fumantes, visto que eles têm o sistema imunológico prejudicado;
  • aneurisma da aorta: dilatação anormal e localizada da aorta, que pode causar seu rompimento;
  • doença pulmonar obstrutiva crônica: o fumante fica mais suscetível a essa doença crônica que promove a redução da capacidade de respirar por conta de obstrução nas vias aéreas;
  • osteoporose: essa doença que fragiliza os ossos é recorrente nos fumantes, porque a nicotina atrapalha a boa absorção de cálcio;
  • colesterol elevado: o tabagismo aumenta os riscos de entupimento das artérias porque eleva os níveis do colesterol ruim (LDL) no sangue.

7. Traz problemas na gravidez

Uma gestante que fuma pode colocar a saúde e até a vida do bebê em risco, visto que as substâncias nocivas do tabaco comprometem a chegada de oxigênio e nutrientes para o feto. O cigarro na gravidez pode, assim, causar nascimento prematuro e com baixo peso ou ainda a síndrome da morte súbita, que ocorre um pouco depois de o bebê nascer.

Agora você já conhece 7 ótimos motivos para deixar de fumar ou para ficar longe de pessoas que fumam, certo? Como viu, os prejuízos do cigarro para saúde são inúmeros, incluindo doenças graves, como o câncer, problemas respiratórios e no coração. E como sabemos que a dificuldade de largar o vício é grande, o mais indicado é procurar ajuda médica e psicológica. Vale tentar de tudo um pouco para priorizar sua saúde!

Mas e então, você conhecia todos esses males que o cigarro pode causar para a saúde? Compartilhe nosso conteúdo em suas redes sociais para alertar mais pessoas!

Posts relacionados

Deixe uma resposta