Combate ao colesterol: saiba agora o que é preciso fazer

6 minutos para ler

O colesterol é uma gordura responsável pela produção de vitamina D e esteroides (testosterona e progesterona), que circulam pelo sangue e proporcionando o funcionamento adequado do corpo. Em níveis elevados ele pode prejudicar a saúde, por isso é importante conhecer informações sobre o combate ao colesterol.

A maior parte da produção de colesterol acontece pelo fígado, mas uma pequena porcentagem desse hormônio é adquirida pelos alimentos. Se você começar a consumir muita gordura, o fígado produz ainda mais colesterol e desequilibra as taxas.

O aumento no nível dessa gordura pode causar o endurecimento das paredes das artérias ou o estreitamente delas, provocando dor torácica ou ataque cardíaco. Por isso, é muito importante manter os exames em dia e verificar as taxas de colesterol. Se você deseja saber mais sobre o assunto, continue a leitura deste artigo!

Substitua alimentos gordurosos

No nosso organismo existem dois tipos de colesterol: um é chamado de colesterol bom (HDL) e outro de ruim (LDL), mas ambos são necessários para o correto funcionamento do organismo. Nesse sentido, é recomendado haver o equilíbrio das duas taxas, evitando que o LDL extrapole o limite.

Existem algumas dicas que podem ser facilmente adotadas para contribuir com a estabilidade dessa gordura. Para ter bons níveis de colesterol no sangue, a mudança começa na geladeira e na despensa.

Opte por massas integrais, pois elas têm ótimas doses de fibras, que alimentam bactérias necessárias no intestino. Além disso, é melhor consumir o leite desnatado e em vez do integral — que apresenta uma quantidade reduzida de ácidos graxos saturados, aumentando o nível do colesterol ruim no sangue.

Caso você sempre utilize óleo para cozinhar as suas refeições, não se esqueça de dar preferência ao azeite de oliva. Esse produto contém ácidos graxos monoinsaturados, que aumentam a taxa de HDL e reduzem a de LDL.

Outra troca alimentar importante é a substituição dos biscoitos recheados e salgadinhos por nozes e castanhas, que também têm gordura monoinsaturada. Com o objetivo de proteger as artérias, vale a pena investir na margarina em detrimento da manteiga, já que ela não apresenta gordura animal.

Consuma os alimentos certos

Você sabia que existem muitos alimentos que conseguem reduzir o colesterol? Por isso, vale a pena atentar-se aos componentes dos produtos que você compra e descobrir se eles ajudam ou não no combate ao colesterol.

Confira algumas das opções de comidas que você deve começar a consumir caso queira melhorar as taxas dessa gordura no sangue.

Aveia

Esse produto conta com fibras solúveis e uma insolúvel, conhecida como betaglucana, que inibe a absorção de gordura e controla a glicemia. Além de diminuir as concentrações de colesterol total, a aveia ainda ajuda a aumentar os níveis de colesterol bom.

Peixes

O ácido graxo ômega 3, considerado uma gordura boa, está presente em boa quantidade nos peixes que nadam em água fria, como o salmão e o atum. Essa gordura é uma importante aliada na prevenção de doenças cardiovasculares, já que deixa o sangue mais fluido e reduz os níveis de colesterol total e triglicerídeos — que têm a função de regular a reserva de energia, mas em muita quantidade, geram consequências negativas para o corpo.

Linhaça

Assim como os peixes, a semente de linhaça é rica em ômega 3, evitando a formação de coágulos. Nesse caso, é recomendável comer a linhaça triturada ou moída, pois seus benefícios são potencializados.

Açaí

Para quem vive em um país tropical como o Brasil, alimentos bem gelados são sempre uma ótima pedida, já que dificilmente faz frio na maior parte das regiões. Por isso, o açaí é um dos queridinhos para refrescar durante um dia ensolarado e ainda ajuda no combate ao colesterol.

Como alguns de seus componentes, o açaí conta com gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas, que auxiliam na redução do colesterol ruim e aumentam o colesterol bom.

Chocolate amargo

Se você estiver com vontade de comer doce, esqueça os chocolates bem açucarados e aposte no amargo. Esse produto tem menos quantidade de gordura saturada que os chocolates brancos e ao leite, além de contar com substâncias que reduzem o LDL.

Soja

Para proteger o coração, a soja é uma importante aliada. Esse alimento fortalece o organismo contra infecções, controla problemas hormonais de mulheres na menopausa, diminui o LDL e aumenta o HDL. Portanto, invista na soja e em alimentos que são produzidos a partir dela, como o tofu e o leite de soja.

Abacate

Um dos maiores curingas da culinária, o abacate faz muito bem para a saúde — além de poder ser utilizado em diversas receitas. A fruta é rica em gordura monoinsaturada, ajudando na redução do colesterol ruim e aumentando o colesterol bom.

Frutas com vitamina C

Kiwi, laranja, morango e goiaba são apenas algumas das várias frutas que contêm a vitamina C. Esse nutriente oferece diversos benefícios à saúde, sendo um deles a redução do nível do colesterol ruim.

Exclua determinados alimentos da dieta

Quando falamos de mudança na alimentação, não basta inserir novos alimentos no cardápio e continuar consumindo outros. Dessa forma, é necessário eliminar ou reduzir drasticamente o consumo de produtos que interfiram negativamente no combate ao colesterol. Veja alguns deles a seguir:

  • frituras;
  • massas;
  • maionese;
  • carne de porco;
  • molhos industrializados;
  • leite integral e queijos gordos, como o amarelo;
  • embutidos, como linguiça, salame, salsicha, presunto e mortadela.

No geral, é importante não exagerar no consumo de gorduras saturadas, que podem aumentar o nível de LDL, e jamais consumir gorduras trans, consideradas altamente prejudiciais para a saúde do coração — pois aumentam o nível de LDL e triglicerídeos, reduzindo o de HDL.

7 passos para manter o nível de colesterol saudável

Percebeu como não é difícil mudar os hábitos alimentares em busca do combate ao colesterol? Além das dicas citadas anteriormente, é necessário praticar atividades físicas e fazer exames de sangue com certa frequência para acompanhar os níveis de colesterol.

Se você quer fazer o exame e já se consultar com um médico qualificado, entre em contato conosco! Temos mais de 100 unidades espalhadas pelo Brasil, oferecendo diversas especialidades médicas para que você possa cuidar adequadamente da sua saúde.

Posts relacionados

Deixe um comentário